Saltar para o conteúdo principal
Ligue-nos
  • Assis. 24/7 (inglês) /de segunda a sexta-feira 12h00-01h00 (Português)+351 308 802 068
Números de telefone e horários
Centro de Ajuda

Explore os nossos recursos de ajuda online

Ajuda

Domínios Ajuda

O que é o DNS?

Deve ter ouvido falar do DNS, isto é, o sistema de nomes de domínio, quando registou o seu domínio ou criou um site web. Mas o que é o DNS em concreto e porque é tão importante? O DNS alimenta a internet ao converter os nomes alfabéticos em endereços IP numéricos – fá-lo para que apenas precise de se lembrar de um nome de domínio, como coolexample.com, em vez de um endereço IP numérico. O DNS é um pilar da internet. Sem o DNS, não poderia enviar um email, navegar pelo Instagram nem jogar videojogos com os seus amigos.

O que é o DNS e porque é importante?

Antigamente, quando queria ligar a alguém, tinha de decorar o número de telefone, registar o número num bloco de notas ou em cartões de contacto ou procurar na enorme lista telefónica. Hoje em dia, os nossos telemóveis conseguem registar estes números de telefone numa lista de contactos, ficando cada número associado a uma pessoa ou empresa em particular. Para falar com a sua amiga Joana, não precisa de se lembrar do número de telefone – só precisa de procurar o nome dela na sua lista de contactos e fazer a chamada.

Pode pensar no DNS como a lista de contactos da internet. Mas, em vez de associar as pessoas a números de telefone, associa nomes de domínio a endereços IP. Os endereços IP são a linguagem da internet. Os computadores comunicam entre eles através do protocolo internet, a que se chama endereços IP. Estes são compostos de um conjunto de números e letras, como 50.63.202.40 (um endereço IPv4) ou 2001:0db8:85a3:0000:0000:6a2e:0371:7234 (um endereço IPv6).

Mas essas longas cadeias de números e letras não são fáceis de recordar. Por isso, o DNS associa endereços IP a nomes de domínio que os humanos entendem, como coolexample.com. Geralmente, é muito mais fácil recordar um nome de domínio do que decorar todos os endereços IP, logo, torna-se mais aprazível navegar pela web.

Então, como funciona o DNS realmente?

Já poderá ter ouvido a expressão consulta de DNS ou pesquisa de DNS ao procurar informações no DNS. Estas são formas comuns de referir como o DNS funciona e direciona o utilizador para um site web em particular. Mas existem alguns passos a dar pelo caminho. Vamos descortiná-los. Aviso à tripulação – vai haver vocabulário técnico.

  1. A consulta: tudo começa quando escreve um nome de domínio, como coolexample.com, na barra de endereço do browser da internet. Depois de introduzir um domínio, dá-se início a uma consulta que procura o endereço IP de coolexample.com para que o seu browser consiga apresentar o conteúdo correto. A consulta começa ao verificar o servidor de raiz para ver para onde prosseguir.
  2. Os servidores de raiz: existem 13 servidores de raiz em todo o mundo, que conhecem todas as informações de DNS de todos os domínios. O servidor de raiz verifica essas informações de DNS para determinar onde procurar a seguir: o servidor de nomes de TLD.
  3. Servidores de nomes de TLD: o TLD, domínio de nível superior, é a última parte de um nome de domínio, como .com em coolexample.com. Alguns dos TLDs mais conhecidos são .com, .net e .org e alguns dos TLDs específicos de países mais populares são .uk, .ca e .au. Todos os TLDs têm um servidor de nomes de TLD específico que guarda as informações de DNS desse TLD em particular. Por isso, se quiser visitar o coolexample.com, a consulta original tem de verificar os servidores de nomes de TLD do .com para encontrar os servidores de nomes do domínio do coolexample.com.
  4. O servidor de nomes do domínio: é aqui que vai encontrar o ficheiro de zona de DNS para o coolexample.com, sendo o ficheiro de zona o lugar onde se encontram os registos individuais do DNS. Estes registos, nomeadamente os registos A, os registos de MX e os subdomínios, podem ser adicionados, editados ou eliminados do ficheiro de zona. A consulta original vai procurar no servidor de nomes do domínio para encontrar o registo A do coolexample.com, que está associado a um endereço IP específico. Este endereço IP é o que a nossa consulta vai utilizar para obter e apresentar o conteúdo do site web de coolexample.com no seu browser da internet.

Lembre-se de que o DNS pode parar algumas vezes pelo caminho e que, por vezes, podem ocorrer problemas e as coisas não funcionarem como esperamos. As alterações do DNS podem demorar até 48 horas a aparecerem na internet a nível global. Se gostaria de ter mais informações sobre como funciona o DNS, consulte este guia prático da Verisign.

Um pouco mais sobre servidores de nomes…

Já alguma vez ouviu alguém dizer "mudar servidores de nomes" relativamente ao seu domínio? O último passo da consulta é verificar os servidores de nomes do domínio desse endereço IP tão importante. Mas tem de ter os servidores de nomes corretos para que a consulta consiga encontrar o endereço IP correto.

Existem sempre, pelo menos, dois servidores de nomes para um domínio. Quando os servidores de nomes são alterados, o lugar onde gere o DNS também muda. Por exemplo, se o domínio utilizar servidores de nomes predefinidos da GoDaddy, o ficheiro de zona de DNS encontrar-se-á na sua conta GoDaddy. Mas, se o domínio utilizar servidores de nomes de uma empresa diferente, o ficheiro de zona de DNS estará nos registos dessa empresa.

O que preciso de fazer com o DNS?

Agora que sabe um pouco sobre o que é o DNS e como funciona, já pode começar a utilizar o DNS na sua conta GoDaddy. A forma mais fácil de aceder ao DNS é ao iniciar sessão no seu portefólio de domínios GoDaddy, clicar ou tocar diretamente no seu nome de domínio e, em seguida, selecionar Gerir DNS. Deverá ver o seu ficheiro de zona de DNS, que é onde poderá gerir – isso mesmo – o DNS desse domínio em particular.

A partir daqui, pode realizar algumas das tarefas mais comuns com o DNS:

A maioria das atualizações de DNS entra em vigor no espaço de uma hora, mas poderá demorar até 48 horas para essas atualizações serem implementadas a nível global.

E se tiver problemas?

Nós percebemos – existem muitas coisas envolvidas na gestão do DNS para os seus domínios, o que pode tornar-se confuso. Trabalhámos bastante no sentido de criar uma experiência agilizada no que se refere a gerir o DNS e estamos sempre a melhorá-la. Se tiver problemas ou dúvidas, temos artigos de ajuda para explicar as tarefas de DNS, vídeos que explicam as diferentes tarefas de domínio e os nossos premiados Guias GoDaddy, a uma conversa por chat ou chamada de distância.

Passo relacionado

Mais informações

  • Quer ver o DNS em ação? Dê início à sua aventura online com o nosso Websites + Marketing, o qual poderá utilizar como quiser.